Buscar
  • Eni Marçal

Diagnóstico em Governança Corporativa



Diagnóstico de governança corporativa é uma ferramenta que levantará os aspectos dos seguintes pilares: empreendedor, empresa, família e sociedade.

O objetivo é apresentar uma visão ampla, transparente e precisa sobre os pontos fortes e a desenvolver de cada um dos pilares.


Realizar um diagnóstico de governança corporativa é muito importante, pois através dele será apurado o potencial de oportunidades a ser explorado e/ou as dificuldades a serem superadas, buscando a harmonia empresarial societária e familiar com maturidade.


Este procedimento certamente propiciará tomadas de decisões estratégicas mais assertivas, considerando que serão realizadas em 7 etapas, sendo elas: levantamento das informações, análise das informações, identificação dos problemas e/ou oportunidades, definição do plano de ação, implementação, acompanhamento e comemoração dos resultados.


O diagnóstico tem como princípio ser participativo. Isso significa trabalhar com a vivência das pessoas e trazer e incorporar diferentes vozes para o processo de construção do conhecimento.


Com um entendimento mais profundo da situação atual, é possível resolver problemas de maneira prática e direcionada para o que realmente importa e sem gastar tempo com itens pouco relevantes.



Os principais benefícios e resultados que a ferramenta vai proporcionar no dia a dia a cada um dos envolvidos são:





* Buscar o entendimento do que realmente é importante para ser desenvolvido, resolvido, implementado etc.

* Realizar uma comparação do desempenho atual, analisando o desempenho mínimo recomendado e com o mínimo desejado e direcionar as ações para as necessidades prioritárias de mais atenção e o que pode esperar um pouco mais.

* Descobrir o momento atual de maturidade, entendendo o grau de amadorismo ou de maturidade para buscar novos propósitos, desafios, objetivos, estabelecimento de metas estratégicas, resultados desafiadores.

* Entender o que, como e quando fazer: tornando possível saber exatamente onde estão os pontos a serem mantidos, os importantes a serem implementados e os fracos a serem descartados para se alcançar um novo patamar de resultados, gestão, governança.


E, por último como efetivamente realizar um diagnóstico em 4 passos:


* Elaborar perguntas certas, precisas, claras

* Orientar que as respostas devem ser a mais sinceras possíveis,

* Consolidar e analisar o resultado

* Desenvolver estratégias e planos de ação


Agora, líder empreendedor, que você tomou conhecimento da ferramenta diagnóstico em governança corporativa, da sua importância, dos seus principais objetivos e de como realizar, esperamos que tome a decisão de implementá-la. Ficaremos lisonjeados em colocar nossa expertise a sua disposição e fazer parte dessa implementação.


Concluindo: nenhum sonho é realizado sozinho, pois o ser humano tem instinto tribal. Dessa forma, o ser humano precisa vigiar suas atitudes de boas práticas tanto nas atitudes pessoais como nos ambientes empresariais, familiares e sociais, garantindo que elas tragam estabilidade nas relações humanas, cumpram as regras da sociedade e não exterminem as fontes de sobrevivência do planeta terra.


Simples assim, pense nisso.

Eni Ferreira Marçal

Sócia- Fundadora da EJ², Conselheira externa de Conselhos Consultivos e de família, Consultora em projetos de Gestão Empresarial e Governança Corporativa.



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo